pelo appearance

Eu ia dizer que sinto sua falta, mas você não merece saber. — Geovane Pereira  (via resigno)

(Source: renovador, via resigno)


10 months ago on 25 September 2013 ~ Reblog 42,527 notes

Você sabia que a palavra “não temas” está escrita 366 vezes na Bíblia? Uma para cada dia do ano e ainda sobra uma para o ano bissexto. Se Deus diz todos os dias de sua vida para você não ter medo, porque continua tendo?
 

(Source: vivendoopropositodedeus, via invers-a)


10 months ago on 25 September 2013 ~ Reblog 136,647 notes

Cada um tinha um coração. E cada coração amava uma pessoa. O coração de fulano amava beltrano, mas o coração de beltrano amava sicrano. Ou seja, fulano sou eu, beltrano é você e sicrano tem muita sorte. — Caio Augusto Leite. (via resigno)

(Source: chocklad, via resigno)


10 months ago on 25 September 2013 ~ Reblog 34,746 notes

E o nosso amor sem fim acabou pela quinta vez. Se ele não é eterno ao menos é insistente. — Soulstripper.  (via resigno)

(Source: alentador, via resigno)


10 months ago on 25 September 2013 ~ Reblog 22,152 notes

Dói. Dói fundo. É muito difícil a gente perder uma pessoa que ama. Eu sei que você partiu faz tempo, mas a gente demora para aceitar as coisas. A verdade é que eu nunca gostei de perder, não sou boa nisso. Não gosto de distâncias, partidas, separações. Sinto falta do teu abraço. Mas sei que um dia a gente vai se encontrar de novo, por isso te mando força, te mando luz, te mando só coisas boas. E prometo que não vou chorar mais. — Clarissa Corrêa. (via resigno)

(Source: resigno, via resigno)


10 months ago on 22 September 2013 ~ Reblog 18,798 notes

Tomei uma decisão importante e que te envolve, quer ouvir? Não quero mais querer você. Você me estraçalha toda vez que sai por aquela porta. Queria que alguma coisa mudasse aí dentro, que algo te motivasse a ficar. Não tenho mais forças para te pedir para não ir. Por isso, se quiser ir, vá. (e não volte mais, pois é melhor sofrer tudo de uma só vez do que ficar sofrendo um pouco a cada partida). Quer saber? Eu desisto de você. Desisto de tentar te levar pela mão, de insistir em te fazer algum agrado, de buscar um sorriso para seu rosto triste, de querer afogar seus medos em vão. Não dá mais, não tem como amar alguém que não quer ser amado, que não se permite, que não se abre. — Clarissa Corrêa (via romantizei)

(Source: t-a-q-u-i-c-a-r-d-i-a, via romantizei)


10 months ago on 22 September 2013 ~ Reblog 228 notes

(Source: desalojado, via lovedrunkfuc)


10 months ago on 22 September 2013 ~ Reblog 22,139 notes

Perguntei minha avó o segredo para relacionamentos bem sucedidos, a velhinha pegou a xícara de café, tomou um gole e riu: “Paciência” me contorci toda na velha cadeira de madeira em que estava sentada, fitei a senhora de 64 anos e perguntei “É por isso que você e vovô estão juntos até hoje? Você é muito paciente?” Outro gole de café e uma grande gargalhada: “Eu não sou paciente, seu avô muito menos. Eu não aceito o que ele fala e ele critica tudo o que digo. Ele não me espera para tomar café e eu sempre janto sozinha. Não somos pacientes, mas somos igualmente desprovidos dessa qualidade. A história de que casais são feitos de opostos é mentira. Casais são feitos de pessoas iguais, com características iguais, a unica diferença entre elas é qual parte cada uma exerce na relação” — Em um papo com a vovó -Fabiane Sousa (via anjosquenaovoam)

(via anjosquenaovoam)


10 months ago on 22 September 2013 ~ Reblog 74 notes

Cada um acredita no que é mais confortável acreditar. — Pc Siqueira.  (via erronizar)

(Source: shotsdepoesia, via invers-a)


10 months ago on 22 September 2013 ~ Reblog 26,735 notes

Me fiz em mil pedaços pra você juntar. E queria sempre achar explicação pra o que eu sentia.

Legião Urbana.

(via oescritor)

(Source: itsburied, via oescritor)


10 months ago on 22 September 2013 ~ Reblog 14,153 notes

(Source: plef, via resigno)


10 months ago on 19 September 2013 ~ Reblog 5,416 notes

É, eu desisti. E acredite, foi o maior ato de coragem que já tive na vida. — Rafael Lemos. (via resigno)

(Source: resigno, via resigno)


10 months ago on 19 September 2013 ~ Reblog 50,459 notes

Ah, quer saber o que eu penso? Você aguentaria conhecer minha verdade? Pois tome. Prove. Sinta. Eu tenho preguiça de quem não comete erros. Tenho profundo sono de quem prefere o morno. Eu gosto do risco. Dos que arriscam. Tenho admiração nata por quem segue o coração. Eu acredito nas pessoas livres. Liberdade de ser. Coragem boa de se mostrar. Dar a cara a tapa! Ser louca, estranha, linda, chata! Eu sou assim. Tenho um milhão de defeitos. Sou volúvel. Tenho uma tpm horrível. Sou viciada em gente. Adoro ficar sozinha. Mas eu vivo para sentir. Por isso, eu te peço. Me provoque. Me beije a boca. Me desafie. Me tire do sério. Me tire do tédio.Vire meu mundo do avesso! Mas, pelo amor de Deus, me faça sentir… Um beliscãozinho que for, me dê. Eu quero rir até a barriga doer. Chorar e ficar com cara de sapo. Este é o meu alimento: palavras para uma alma com fome. Te pergunto: você aguentaria viver na montanha-russa que é meu coração? Me desculpe. Nada é pouco quando o mundo é meu. — Clarice Lispector.  (via resigno)

(Source: incondicionada, via resigno)


10 months ago on 19 September 2013 ~ Reblog 24,430 notes

Acredito em interesse à primeira vista. Amor, não. Ele vem com o passar dos dias, com a convivência, com os segredos ao pé do ouvido, com as revelações diárias, com a aceitação do outro exatamente como ele é: imperfeito. — Clarissa Corrêa. (via resigno)

(Source: resigno, via resigno)


10 months ago on 18 September 2013 ~ Reblog 21,877 notes

E de nós dois ficaram boas lembranças, dos risos da gente, aquela vontade de ser melhor pra mim, pra você e pra quem mais quisesse um pouco de paz. — Rafael Lemos (via resigno)

(Source: resigno, via resigno)


10 months ago on 18 September 2013 ~ Reblog 7,434 notes

”Amar-te é a morte. E eu escolho morrer.” Abismo do amor, Amar-te. A morte.






“E tem coisa melhor quando a coisa é recíproca? É! Esse negocio de amar, sabe? Quando a mão que treme de um lado, sua do outro. Quando as palavras de um lado não saem e do outro saem bem baixinhas. Trêmulas. Quando na hora do abraço, dá pra sentir o coração do outro bater. Junto. Na mesma velocidade. A mil. Amando.”

Roberta Vicente


theme por amar-gura e detalhes amorproprioporfavor